Título: Ladrões de Elite
Autora: Ally Carter
Editora: Arqueiro
Leitura: Fevereiro/2019
Nota: 3 de 5 estrelas
(Argumento: 2; Diálogo: 3; Personagens: 3; Revisão: 3; Narrativa: 4; Cenário: 4; Capa: 3; Diagramação: 3)
Escrito por mulher; Aventura; Começar uma série; Série.

Resenha:

Gostei de conhecer os Ladrões de Elite e infelizmente não teremos outra oportunidade de fazê-lo, pois a continuação não saiu no Brasil. Poxa, Arqueiro!

Foi o melhor livro que já li? Não, mas achei a leitura bem divertida e agradável e foi um começo bem aceitável para um primeiro livro de série, que irei chamar de único, infelizmente.

Aqui conhecemos Kat, filha de um ladrão de obras de arte conhecido mundialmente, que tem um sonho: ser apenas uma garota normal. Ela acaba de entrar para uma escola bastante concorrida e espera que esse seja o primeiro dia de uma vida nova, mas não é bem isso que acontece.

Logo que chega, Kat é acusada de um crime pelo qual não cometeu. Alguém muito parecida com ela fez um estrago no carro no reitor e como ela não consegue se justificar de uma forma decente, já que foi gravada cometendo tal crime, é expulsa do lugar.

Para a felicidade da família de mafiosos que Kat faz parte. Em meio a um montão de acontecimentos ruins, Kat se vê de volta para o mundo no qual jurou nunca mais fazer parte. Seu pai está sendo covardemente acusado de um crime pelo qual não cometeu. Alguém roubou as obras do mafioso Arturo Taccone e Kat precisa fazer de tudo para provar que o pai é inocente, junto com seus “primos” da máfia. Ou de acordo com seu tio, apenas adolescentes.

Aqui vemos um desdobramento muito interessante em meio a obras de arte muito conhecidas e viagens internacionais. No meio, ainda rola um triângulo amoroso desnecessário, mas como são adolescentes, perdoamos.

Foi bem divertido conhecer esse primeiro livro de uma série que virou filme – não sei se essa informação procede – mas que me fez ficar interessada em obras de arte e as histórias atrás das pinturas.

Deixe um comentário

• Bem vindos!
• Antes de comentar, leia a postagem.
• Estou aberta a críticas, elogios e sugestões. Porém, use o bom senso.
• Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu retribua a visita.
• Volte sempre!