Título: Marley e Eu
Título Original: Marley e Me
Autor: John Grogan
Editora: Ediouro
Ano: 2006
Páginas: 303
Para saber mais: Skoob

Sinopse: John e Jenny eram jovens, apaixonados e estavam começando a sua vida juntos, sem grandes preocupações, até ao momento em que levaram para casa Marley, "um bola de pelo amarelo em forma de cachorro", que, rapidamente, se transformou num labrador enorme e encorpado de 43 quilos. Era um cão como não havia outro nas redondezas: arrombava portas, esgadanhava paredes, babava nas visitas, comia roupa do varal alheio e abocanhava tudo a que pudesse. De nada lhe valeram os tranquilizantes receitados pelo veterinário, nem a "escola de boas maneiras", de onde, aliás, foi expulso. Mas, acima de tudo, Marley tinha um coração puro e a sua lealdade era incondicional. Imperdível.

O primeiro livro com protagonistas animais e que te faz chorar horrores, a gente não esquece! Lembro que sempre adiei a leitura desse livro porque sabia que iria chorar muito. Sempre fui muito sensível para esse tipo de leitura e prefiro ver um personagem humano sofrer do que um animal seja qual for. Essa sou eu.

É um livro engraçado, tocante e muito emocionante. Mostra o amor que existe entre os seres humanos e os animais de uma forma pura e verdadeira. Mostra a realidade de que nem sempre ter um animal de estimação será mil maravilhas. É um livro autobiográfico, então vemos Marley pelos olhos de John e apesar de muito bondosos e espirituosos seus textos sobre Marley, também acompanhamos todo o seu drama familiar.

Além de ser pai de Marley, acompanhamos a vida de dois jornalistas recém-casados e que deseja muito começar uma família. Marley é o primeiro passo do jovem casal e ele é tudo, menos o que se esperava de um labrador. Além de ter muito medo de tempestades, Marley tem uma personalidade única e isso o torna muito especial.

Enquanto Marley cresce, a família também cresce! E no final do livro a família já tem três filhos, dois meninos e uma menina. E saíram de uma cidade onde o sol aparece na maior parte do ano para um lugar com neve. É muito lindo e triste, porque acompanhamos a vida de Marley até o fim.

Esse livro mexeu muito comigo e ainda mexe! Ele ao mesmo tempo em que foi maravilhoso me deixou com um trauma literário muito forte. Não consigo ler livros com animais protagonistas desde Marley e Eu.


Deixe um comentário

• Bem vindos!
• Antes de comentar, leia a postagem.
• Estou aberta a críticas, elogios e sugestões. Porém, use o bom senso.
• Não se esqueça de deixar o link do seu blog para que eu retribua a visita.
• Volte sempre!